sábado, 12 de julho de 2014

Cama de Rosas...

Encare-me de frente,
Ainda é cedo para se despedir.
Mas já é tarde para prendermos nossos corações em vão.
Havia um começo, lembra?
Não seja incompetente culpando-me.
Não fugi, lembra?
Eu tentei mergulhar bem fundo porque acreditei que você iria comigo.
E quando tentei dar mais um passo,
O chão abriu completamente debaixo dos meus pés
Quase caí quando percebi que estava sozinha.
Está tudo bem.
É só mais uma história...
É só mais um coração sangrando...
Sonhos eu pensei viver um dia
Uma cama coberta por rosas...
Mas hoje apenas vejo ao meu lado, um lugar vazio.
Deixou-me de lado.
Você deixou meu coração partido naquela noite
Onde eu senti que o amor estava de mudança dos meus dias.
Espero que um dia volte, pois era bom poder senti-lo.
E aproveitar o melhor que você pode me oferecer.
Não você. O ontem passou. Mas o amor.
Quem sabe amanhã surja um novo amor,
                             E então estarei novamente aquecida por um amor,                               Deitada em uma cama coberta de rosas...



Faby Poesias & Anderson Alsan

Um comentário:

  1. Amei a parceria querido amigo poeta Anderson Alsan. Sucesso! Bjs

    ResponderExcluir