terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Meia Noite!

Um velho novo dia surgiu com as estrelas,
Antes do sol aparecer pela manhã.
Ainda era noite. Meia noite exatamente.
E a luz do céu já começava a me iluminar.
Me fazendo a entender a arte da poesia.
Como sempre me ajudando a escrever, mais uma vez.


Um dia, a vida começou a ser escrita antes mesmo dela surgir.
E a minha não foi diferente e sua também não foi.
Um dia, alguém sonhou em ter uma vida perfeita.
Mas o que seria isso? Não sei. Mas mesmo difícil
Sei que com o tempo tudo se ajeita.

Hoje eu alcancei uma vitória
E amanhã possa ser que aconteça uma derrota.
Mas não será isso que irá fazer eu desistir de você.
Luto por tempos longos e pensamentos distante,
Qualquer coisa que me leve até você.

Os ventos que lá fora sopram espalhando as folhas pelo chão
Me dando um caminho a seguir, minha verdadeira direção.
E assim, me dizem que perto está o fim.
O fim? Mas já? Tão cedo?
Sim, o fim. Mas um fim diferente de qualquer outro. 

Um fim que talvez seja necessário, 
Para que algo novo e mais forte possa vir
Um novo começo possa surgir, possa existir
Para mim e para você.

Assim a nossa história continuará sendo escrita
Com uma caneta de bico de pena
Tão fina e delicada, assim como você e seu sorriso
Que sempre me encantam.

"Desde a primeira vez que ele brilhou intensamente para mim.
Me apaixonei, me entreguei à ingenuidade e profundidade 
Que ele me passava, com tanta simplicidade e verdade.
Sempre falo dele. 
Não há como não citar ele em meus textos

É como um sonho vivido em um lugar jamais visto antes,
Um lugar tão belo e especial habitado por anjos, 
Onde pessoas especiais são convidadas à serem habitantes."

Mas ao mesmo tempo, nossa história é escrita
 Com uma tinta grossa e permanente,
Assim como o nosso amor: firme, forte, intenso e com bom humor.
Para que assim possa resistir
 Todas as dificuldades que o tempo nos apresentar.

Assim seguindo, mais um novo velho ano chega a ir, 
Tão tarde ou cedo e breve chegou.
Novo sempre, o mesmo de sempre. 
Mas me moldando a estar sempre melhorando.
Para ser à você, o melhor que eu possa ser.
Hoje e sempre, com você.

Pois amanha sempre será um novo dia,
Logo após à meia noite!

Anderson Alsan

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Today!




Hoje é o dia que eu reservei pra te ver
Para estar contigo a todo momento
Da hora que eu acordo
Ao boa noite à meia-noite.

Hoje eu só quero te ver
Inventar qualquer história, uma desculpa
Para poder estar com você por um momento
Ainda que seja só por um momento
Pois tornaremos esse momento eterno.

Hoje deixo tudo de lado,
Pois eu preciso te ver
Esquecer dos meus problemas
Para conseguir ir trabalhar em paz
Ir bem tranquilo, com o coração aquecido.

Hoje eu preciso ver o seu sorriso mais uma vez
Ainda que eu tenha que fazer ele aparecer
Com uma piada sem graça
Ou através de um barulho estranho
Após um beijo normal.

Hoje eu vou ao teu encontro
Passear com você
Te deixar na escola
Ainda que a gente só vá caminhar
Mas vamos indo lado a lado
Sem deixar nada nos atrapalhar.

Hoje eu preciso de você
Preciso pra ontem
E preciso amanha também.
Eu preciso hoje
Preciso de você ontem, hoje e sempre
Pra sempre...


Anderson Alsan

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Sms: "Bom Dia"

E assim, mais um dia se inicia. Mais uma chance, mais um dia. Lembranças de mais um dia inesquecível e perfeito
Ao seu lado. Uma noite, um sonho vívido, sentido, Lembrado.
Para assim, nunca mais esquecer. Apenas a vontade de reviver, A cada dia, cada momento Instante com você. Em um sms de bom dia:

"Como você consegue?

Me prender a atenção com um sorriso, 
Me fazer ficar bobo com um olhar, 
Me fazer sentir o céu com um abraço, 
Me fazer dizer um eu te amo sem perceber após um beijo, 
Me fazer ainda mais apaixonado toda vez que te vejo, 
Querer já voltar a estar com você apos uma despedida, 
Fazendo que eu queira viver com você não só hoje, 
Mas por toda minha vida!
Como você consegue?

Eu sei que não sou uma das melhores pessoas do mundo.
Mas por estar ao seu lado 
Eu tento e dou o meu melhor. 
Com você eu tento ser o melhor que eu possa ser. 
Obrigado por ter se permitido 
Ser minha inspiração para escrever 
E um dos motivos para eu viver, 
Para ser uma pessoa melhor! 
Obrigado, por ser minha princesa linda 
Princesa que eu amo tanto. Apenas. Obrigado!"

Bom diaa, Princesa! <3"



Anderson Alsan

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Longe ou aqui.


O dia amanheceu, 
Mas a noite ainda não se foi.
Sinto me sufocado,
Não consigo seguir além, me falta ar.

Os pensamentos ruins insistem
Eles insistem em insistir, em permanecer
Já não sei mais o que fazer.
As vezes parece que estou me afogando.
No mais alto do mares, a maré não me da descanso
Não cessa nem por um momento.

Perdido e cansado, 
Na espera por um alguém qualquer
Aqui estou eu. Aonde está você?
Longe ou aqui?
Não encontro, nem procuro
Sem forças, sem esperanças.

Sigo assim sem um destino,
Até chegar em um qualquer lugar.


Um acorde ao fundo,
O início de uma linda melodia.
Escutando a música de tua voz.
Vai me guiando a um encontro.
Paro. Um suspiro, uma paz.

Aqui estou eu. Aí está você.
Longe ou aqui, não importa.
Você é a voz que veio me guiar?

Você me diz que apesar de eu estar longe
Você nunca me abandonou
Apesar de eu seguir sem rumo
Vocês sempre me manteve no caminho,
Seguindo uma direção. 
Me diz que sempre me guiou.

Esqueçamos tudo, venha.
O pior já passou.

Basta. Um sim para um recomeço.
Uma nova chance para nós dois.
Mais uma chance para mim mesmo.

Aqui estou eu. Aí está você.
Longe ou aqui, não importa.
Você é a voz que veio me guiar!

Anderson Alsan


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Além de tudo isso...


As vezes para fazer o que é certo, 
Devemos desistir até mesmo 
Daquilo que mais queremos e desejamos, 
Até mesmo dos nossos sonhos.

Sacrifício, algumas pessoas o chamam.
Amor, é a tradução que outras preferem usar.
Sacrificar os meus sonhos pelos teus.
Eu sei, é estranho, mas estou contigo até o fim.
Até mesmo, além de tudo isso.

Se, talvez, antes. Se eu tivesse esperado um momento
O momento para tudo isso poder acontecer
Se, talvez, agora. Se eu acordasse para o que acontece
Se eu acordasse agora, acordasse pra você.

Menos barulho, mais silêncio, 
Feche a boca e pense um pouco mais
Não preciso ouvir tal tolice
Faça o bem a alguém e nada mais...

Se eu um dia eu cair
Que eu caia pra frente.
Pois se for para haver erros
Que eles possam vir para ensinar.

Não sou o melhor,
Apenas tento ser o melhor de mim, pra você.
O melhor, apenas.

Anderson Alsan

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Seu Sorriso, Minha Poesia.

Há tempos sonhei com você
Sonhei em poder te encontrar
Sonhei poder ter alguém que eu pudesse cuidar.
Alguém para viver algo intenso e sereno
Um sentimento novo, um amor pleno.

Campos corri, estradas peregrinei
Por muito tempo fiquei a caminhar
Por muitas coisas eu passei,
Muitas coisas eu suportei
Mas hoje tudo que passou ficou no passado
Pois hoje estou realizando o meu sonho
Pois vejo você ao meu lado.

Apesar do tempo que ficamos distante
Hoje cada minuto do seu lado é recompensador
Não quero te perder por nenhum instante
Hoje a unica coisa que eu quero
É estar do seu lado, ter pra mim o seu amor.

Te ver, te ter, te fazer feliz
Te amar e ser alguém feliz
Por estar do seu lado,
Por amar e receber do seu amor.
Através de um beijo ou de um carinho
Te olhar nos olhos, com um olhar de menino.

Dias, horas, anos ou segundos
Quando estou com você, nada disso faz sentido algum
O tempo virá refém do nosso amor,
Fazendo com que se eternize
Cada segundo, cada instante ao seu lado.

"Se eu pudesse escrever a história das minhas horas
Uma a uma seria do seu lado
Eu contaria todo dia uma história diferente
Eu criaria frases pra sempre
Eu cantaria notas de clara esperança
E seu sorriso viraria poesia"

E virou mesmo. Virou a minha inspiração,
Faz com que bata mais forte meu coração
Fazendo com que palavras surgem em meu pensamento
Transformando sentimentos em textos
Transformando o seu sorriso em minha poesia.


Anderson Alsan

Não Fuja...


Não podes fugir
Conheces o brilho de um sorriso e o som de uma lágrima quando cai
Tuas palavras flutuam de mãos dadas com a poesia
Teu coração transborda sentimentos
Você tenta negar, mas a poesia o persegue
Os textos descrevem o que seus olhos veem e o que seu coração sente
Homem, menino, sonhador
Nunca deixe de acreditar no amor
Decepções?
Ah, elas nos tornam resistentes as tempestades e noites escuras da vida
Não tenha medo, esse é o segredo
Continue o caminho
As palavras não se perdem quando tocam corações
Essa é a missão de todo poeta
Reconheço-te amigo
Tu és poeta!
Desliza a caneta, deixe a inspiração te guiar
E aonde você for as palavras irão te encontrar.

Faby Poesias

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Nosso Livro

Passando as páginas, escrevendo algo novo.
Imagens surgem trazendo recordações.
Ao olhar por tudo que eu passei
Lembranças de tempos difíceis,
Memorias de tempos felizes.

Algo novo, uma nova paixão,
Uma nova página, o mesmo livro
O mesmo coração.

Te encontrar sempre foi um sonho
Um objetivo que sempre estive a acertar.
Seguindo sons de acordes que me guiavam
Até te encontrar através de uma canção
Te levar até meu coração.

Te encontrei em um jardim de flores
Secreto, fechado, trancado por sete chaves
Que com o tempo foram se abrindo
Dando ao tempo uma chance, 
Mas sempre sorrindo.

Esperar todos os erros cicatrizarem
Voar por cima de todas as dificuldades.
Estive a sonhar com esse momento,
Em olhar em seus olhos, ver seu sorriso.
Te ver, princesa, te ter não só hoje,
Mas sempre, até mesmo depois
Que todas as páginas do nosso livro se acabarem.

Até o fim, minha vida
Pra sempre, meu amor.


"Se há páginas em branco,
É porque ainda temos muito a escrever..."

Anderson Alsan

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Novo Tempo

Pra tudo se há um tempo.
Para viver, para crescer, 
Para desenvolver e para morrer.
Até mesmo para o fim de tudo.
Houve tempo até para tudo o que vemos hoje,
Poder aparecer.

O tempo vem, passa assim como a chuva
Que as vezes vem leve e tranquila
Ou mesmo como uma forte tempestade 
Que carrega tudo pelo caminho.
Algo devastador, trazendo tristeza e dor.
Fazendo com que as vezes nos sentimos sozinhos.

O tempo passa, vem assim como as estações
Trazendo mudanças boas e ruins.
Que as vezes nos trás frio ou calor.
Mas em um momento nos presenteia com a primavera
Uma estação agradável, estação tranquila da flor.

Momentos distintos, de dois extremos
Mas como tudo, passa com o tempo.

Em qual tempo você se encontra hoje?
Está satisfeito no tempo que você está?
Você se arrepende de algo fez? Ou por algo que não tenha feito?

Que essa música nos sirva de reflexão no agora, no hoje
Mas não em um lamento no amanha!

Hoje é tempo de renovar. É hora de fazer tudo novo de novo!
Mudemos e criemos HOJE tudo novo de novo, 
Para que amanha não possamos cantar
Essa canção com um sentimento de tristeza 
E no fim chorar!

Que não tenhas pressa, mas que não se perca tempo!
Não deixe que o tempo leve, como o vento,
Passe despercebido. Que vá embora.
Sem que você possa desenvolver seus talentos.
Pois você é como uma estrela e seu dever é brilhar.

Não se engane que o futuro começa amanha,
Pois o futuro começa hoje, começa agora.
Não perca mais tempo,
Pois agora é o momento.

Tempo de fazer tudo novo de novo.
Um novo tempo, o seu tempo!


Anderson Alsan

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Dois Corações!

Numa bela tarde de verão,
Os raios de sol entram pela janela
Trazendo luz, vida, calor de uma paixão.
Encontro de dois corações, dois amores.
Em um jardim no deserto perfumado por belas flores.

Lembrando de tempos perdidos,
Lembro de momentos de um passado sem volta,
De tempos difíceis, tempos felizes
Quem sabe um dia? Quem sabe volta?
Tempos perdidos, reviravoltas ...

Mesmo naquela época eu já escrevia,
Escrevia para você, sem mesmo eu saber...

Você pode até nunca ter me visto,
Mas sei que já te vi,
Dos seus sonhos aos meus
Nos encontramos por diversas noites
Por caminhos, em sonhos desenhados por Deus.

Um dia você esteve a me chamar.
Seu coração gritou pelo meu,
A sentir ele bater mais forte
Deixei ele apenas ser seu.

Quem sabe um dia possa conquistar
O seu, completamente, intensamente, eternamente
Coração, meu. Direção, o seu.
Desencontros imperfeitos.
Criado por um Deus perfeito.

Nascendo um único amor
Em Dois Corações!


Anderson Alsan

sábado, 7 de setembro de 2013

Humano ou Virtual?

Humano ou Virtual?

As vezes me sinto bem humano
Sinto o amor em minha volta
Família, amigos, Deus
Sinto-me vivo, tudo flui tão natural.



Humano ou Virtual?

Mas também me sinto virtual.
Tudo tão fácil, normal, mas irreal.
Tantas pessoas ao meu redor,
Mas ao mesmo tempo, me sinto tão só.

Humano ou Virtual?
O que eu sou?
O que eu quero ser?

Não sei. Depende.
Do corpo, da alma, da mente.
Do coração e do que eu planto
Enquanto, eu estou aqui.
Não é muito o que restou de mim.

Humano ou Virtual?
Ser diferente ou mesmo igual?

Normal, comum, como tudo que se vê.
Não quero mais.
Viver em um mundo virtual, fictício.
Onde não se sabe ao certo
Quando se é certo ou incerto.
Mas esperto eu quero ser
Para escolher, o melhor.

Detectando a verdade em meio a falcatruas 
Fantasias que tentam enganar. 
Através de doces palavras,
Belas poesias. Palavras suas
Tentam me alertar de tudo isso
Durante todos os dias.

Decidi trilhar um novo caminho, um novo rumo.
Hoje eu vou procurar, alcançar e conquistar.
Aquele que me diz: "Reintegre-se"
Que me mostra o grande amor
Que hoje eu quero
Procurar, alcançar e conquistar.

Nem tão Humano, tão pouco Virtual.
Mas Incondicional, 
Ágape!

Anderson Alsan

Dos sonhos que sonhei (Nunca da certo, sempre errado!)




Sempre que tento, me preparo
Vai, sempre da errado
Nunca da certo, sempre errado!
Mas tento, insisto, não entendo
Por que sempre da errado?

Planejo, sonho e faço tudo
Tudo sai errado, como nada planejado!
Nunca acontece. 
Deixa, esquece,
Ficou pra trás..

Eu só não queria partir agora.
Partir sem realizar os sonhos que sonhei
Sem realizar e só continuar a sonhar.

Pois dos sonhos que sonhei
Eu sonhava em ficar com você.
Não me deixe partir sem realizar meus sonhos.
Eu sempre sonhei com você.

Eu já errei, te magoei
Eu sei que errei,
Mas nunca foi minha intenção
Pensa mais um pouco
Dá uma chance ao meu coração.
Ele é sincero, com tudo, trás a verdade
Com toda a sua maneira de ser sincero
Com aquele seu toque de simplicidade.

O errado sou eu.
Magoei você, eu te perdi
Perdi a chance de estar com você.
Com motivos e razão.
Deixei passar a chance
De hoje estar no seu coração.

Eu nunca quis partir. E agora?
Quero realizar os sonhos que sonhei
Só realizar, ainda que continue a sonhar.

Pois dos sonhos que sonhei
Eu sonhava em ficar com você.
Não me deixe partir sem realizar meus sonhos.
Eu ainda sonho com você.

Anderson Alsan

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Por um sim sem razão


Aonde é que você vai?
Não saia sem um beijo meu
Saiba que o prazer sempre será meu.
Prazer em te ver, 
Prazer em te olhar nos olhos e dizer:
Que apesar de estar indo embora
Ainda amo você.

Persisto por uma chance de provar
Que mudei, me modifiquei
Por você, pra você, por sua causa
Causa nobre de ter uma chance 
De estar ao seu lado.

Modificar a mente, o coração
A alma, a sua opinião.
Modificar seu não, por um sim sem razão.

Na flor, a esperança
Um desejo de criança.
Inocente, na mente
Um pensamento de prosseguir
Nesse caminho sem voltas
Sem idas, sem caminho.
Apenas um pensamento. 
Prosseguir, sem cair.

Modifiquei, mudei
Tentando ser feliz,
Quero me preencher de mais paz.
Tentar te entender ainda mais

A partir do que você diz
Chegar a entender o que você sente
Pelo olhar, sua voz, sua mente.
Indo ao fundo de sua alma
Até traduzir as palavras do seu coração.
Palavras que ao ouvir me acalmam.
Para quem sabe assim, eu possa conseguir

Modificar seu não, por um sim sem razão.
Um sim para o meu coração.

Anderson Alsan

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Em Breve...


Tento, tendo, entendo, continuo a dizer
Andar de bike não é tudo que eu sei fazer
Por portas e janelas eu passo e encontro
Caminhos feitos onde eu tento, entendo, me encontro
Em pensamentos distantes que me levam até você

Breve palavras, uma breve emoção.
Pequenos momentos, breves serão.
Mesmo que eu me sinta bem leve,
E leve por aí, leves momentos
Em breves lembranças.
Tão breve, breve vão.
Pensamentos, de você, em você
Algo que me leve, levemente.
Leve a alma , leve a mente.
Me levando a você, brevemente.

Talvez por um dia.
Quem sabe hoje?
Quem sabe em breve?

Pergunto: quando será?
Onde eu posso te encontrar?
Mas respostas nunca tem.
Nunca sabe me dizer.
Mas leve, em breve
Quero estar com você.
Em breve.

Anderson Alsan

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Os raios de sol


Percebo, o princípio
Pra tudo isso acontecer
Desde o início
Sentia que tinha que ir
E mesmo sem olhar pra trás,
Pois sempre me dizia:
Não desista dos seus sonhos
Sempre os faça acontecer...

Em você encontro o meu caminho
Com você não ficarei sozinho
Pois sei habitas o meu coração!

Em você encontro o meu caminho
Com você não ficarei sozinho
Pois sei que você é minha direção!

Os raios de sol
Com seu brilho e luzes me iluminam.
E assim irei ainda mais,
Mais do que eu posso ir.
E mesmo sem olhar pra trás,
Pois sempre me dizia:
Não desista dos seus sonhos
Sempre os faça acontecer...

Anderson Alsan

terça-feira, 13 de agosto de 2013

No meu silêncio

Ainda não se foi
A chuva que a noite caía.
As nuvens ainda estão por aqui.
O sol não apareceu desta vez
Amanheceu tão escura está manhã


Pela janela eu vejo
Permanece durante o dia, 
Cai, mais uma vez, gota a gota
Insisti em insistir
Em cair.

Pessoas passando a todo momento,
Algumas cruzam meu caminho,
Tento achar o meu lugar 
Em meio tanto barulho.

Procuro o silêncio, o meu silêncio.
Silêncio do mundo, silêncio do espírito.
Assim quem sabe eu possa em você
Me repousar, me encontrar.
No meu silêncio.

Eu sei que já te fiz mal
E ainda te faço mal por vários motivos.
Este foi meu erro, meu grande erro.
Mas sei também que já te fiz muito bem
E sei que sou bem melhor nisso.
Pois assim ainda vejo,
A saída disso tudo
Vejo o seu sorriso.

Passa os dias, vejo coisas passando
Folhas caindo, indo de encontro ao chão
O vento sopra ao meu rosto,
Algo faz com que eu sinta apertar meu coração.

A chuva ainda insiste em cair,
As coisas vão se transformando em tempestade.
Medo insiste em surgir, 
Com ele vem toda a insegurança.
Querendo roubar a esperança,
Me distanciando da verdade. 

Procuro o silêncio,
Silêncio do mundo, silêncio do espírito.
Assim quem sabe eu possa em você
Me repousar, me encontrar.
Silenciar... 

Pois assim ainda vejo, 
A saída disso tudo
No seu sorriso.
Um repouso para meu espírito.
No meu silêncio.

Anderson Alsan

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

"Nós..."

O que estou a imaginar vendo?
O que posso ser sendo?
Posso ter você comigo?
Passo a sonhar, a  ver, a ser.
Entendo...

Deixando de apenas sonhar
Abro os olhos, posso te enxergar
Espero ter uma chance para ao seu lado estar
Quem sabe eu possa ser eu, mas não apenas eu.
Quem sabe nós?

No passado sonhei, 
No presente vejo
No futuro quero ser,
Quem sou? Apenas quero ser com você.
Porque esse sou eu.

Sou eu, mas não apenas eu.
Pois a partir desse encontro
Passo a conjugar com "nós".
Esse sou eu, mas não apenas eu.
Somos nós!

Tudo que é meu, quero que seja seu.
Quero que seja meu, tudo que é seu
Seu sorriso, seu olhar, sua alegria, sua paz
Sua luz, seu amor...

Com o tempo aprendo,
Passo a entender
Que o eu não existe. Apenas
Nós, olhando em uma só direção
Apenas nós em uma só direção.

Nós, laços que unem
Eu, você e Deus em uma só direção.
Laços que se unem por Deus com nós.


Anderson Alsan

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Durante uma tarde...


Após um belo sonho durante uma tarde,
Sentia sua presença, você comigo.
Mesmo depois de meus olhos abrirem
É como se eu ainda estivesse contigo.

Tudo parece tão perfeito,
O sol fazendo um lindo dia,
O ar puro na janela fluindo com o vento.

Os pássaros ainda cantam no jardim
As flores caem conforme as estações.
Tudo flui como a natureza quer.
É como o encontro de dois corações.

Tudo parece tão perfeito,
Mas somente em minha volta,
Não me sinto dentro disso tudo,
Pois sinto a sua falta.

Te quero, te espero
E contigo quero estar.

Não é pelo que você é,
Nem é pelo o que você tem.
Também não é por o que eu sou,
Mas é por o que eu me torno
Quando estou ao seu lado.

Me sinto melhor.

Você me faz uma pessoa melhor!

Anderson Alsan

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Relendo: De Verdade, De novo: Lendo.


Lendo.
De novo:
O sol surgiu, já amanheceu.
Mais um dia para mim,
Mais uma chance de ser seu.
É maravilhoso acordar toda manhã
Poder ti chamar de Deus.

É tão bom acordar cedo e dizer bom dia à você.
Olhar pela janela e ver um lindo sol.
Poder te convidar a participar do meu dia,
E você há de me conduzir durante todo dia.

Antes só olhava pra trás,
Lamentava por coisas fúteis, sem tanta importância.
Só pensava no que podia ter feito.
E hoje viver assim, já não me permito mais.
Em minha vida sinto o seu efeito.

Possibilidades me convidam a viver,
Deixar pra trás tudo o que me faz sofrer,
Pois bem sei que o melhor tu tens a me oferecer.

Sinto um aperto no coração.
E te busco na oração.
Quando estou aos pés de tua cruz.
Sou acolhido pelo teu amor, pelo teu perdão.

E sei que até mesmo na dor,
Permanece ao meu lado.
Mesmo quando eu não aguentar mais,
Mesmo que lágrimas escorram,
Ainda sim, permaneces aos meu lado.

Olhando em minha volta,
Posso observar o mundo que estou.
Quem dera que pudéssemos botar em prática
Tudo aquilo que lemos,
Tudo aquilo que aprendemos.

O brilho da tua luz, do teu olhar.
Este é o real sentido de tudo isso.
E assim consigo forças para continuar.

Muitos que nada tem, tomam a sua cruz,
Lutam pela oportunidade de viver,
Lutam apenas por mais um dia.

"Sofrer não é opção. Viver é a missão.
Desistir jamais."

Quem sabe um dia eu possa ser assim,
Espero um dia ser assim.
De verdade.
Relendo:



Anderson Alsan

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Te Fazendo Sorrir

Te fazer feliz,
Pois assim eu consigo aquilo que mais quero,
Arrancar sorrisos teus,
O sorriso mais belo.
É tudo que eu quero.

Te ver feliz
Te fazendo feliz e sorrir,
Sem decepção,
As vezes apenas com uma canção,
Ou te fazendo rir,
É tudo que eu quero.

Sincero e com poucas palavras,
Te entrego tudo que tenho.
Chegando a noite fecho os olhos para descansar
Minha mente, mas não saio do ar, continuo a pensar
Em você, pois é com você que quero estar.

Sonhando com as possibilidades de uma resposta
Com as possibilidades de um caminho a se seguir
Esperando a sua resposta.
Não importa mais pra onde eu olhei,
Importa pra onde eu olho agora.

Vejo que preciso de você.
Pra poder fazer meu sorriso surgir.
E assim saberei onde ir.
É tudo que eu quero, você.



Anderson Alsan

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Pra dizer, é você!




Tantas coisas pra dizer,

Mas palavras faltam em minha boca.
Queria poder traduzir tudo que sinto de verdade,
Como dizer o que eu procuro,
O que preciso e o que eu quero?
O que eu quero?

É você?

Tantas coisas pra dizer,
Mas palavras fogem nesse momento,
Momento que te encontro,
Momento que olhos em seus olhos,
Olhos lindos, puros, sinceros.
Olhar simples e conquistador.
Olhar que me conquistou.

E você?

Tantas coisas pra dizer,
Mas palavras somem com o medo,
Medo de não ser aceito,
Medo que me causa uma insegurança.
Sei que pode ser tudo em vão,
Mas peço que olhe em meus olhos,
Peço que segure em minhas mãos.
Eu sei que já cometi erros,
Mas peço sua compreensão.

Pra dizer,

Mais nada,
Nada me importa mais.
Tudo aparece em minha frente
Tudo tenta me convencer do contrário,
Não quero ser enganado novamente.
Eu sei que meu lugar é ao seu lado.

É você.

Tantas coisas pra dizer,
Mas palavras não traduzem o que sinto,
Não traduzem o que quero lhe dizer,
Apenas segure em minhas mãos,
Apenas olhe em meus olhos

Em você...
Sinta meu coração bater,
Escute o que ele tem há dizer,
Pois o que ele diz é algo sincero,
Aquilo o que verdadeiramente sinto,
O sentimento mais puro e sincero.

Com você...

A alma se encontra.
Perdida e confusa, sem direção.
Mas com a certeza de que precisa de algo,
Certeza que vem do coração.
Coração que fala seu nome.
Seu nome é...
Certeza que é você.

E só você.




Anderson Alsan

terça-feira, 30 de julho de 2013

O Eu Sonhador

Somente pensando e pensando,
Observando, tudo, a mim mesmo,
Sonhando alto...


Pássaros voando, com determinação
Sabem aonde vão,
Sabem o que devem fazer.
Assim quero ir e vou seguir.
Saber onde ir, em qual estação
Descer. Crescer, nascer, para desenvolver,
Tudo novo de novo.

Sua luz,
É uma luz diferente,
Traz algo que contagia a gente.
Me conquistou, fascinou.
Somente com seu olhar inocente.
Direto, esperto e esperando estou.

Está no ar,
Basta querer ver, enxergar.
O lance está ai,
 Pra quem quiser ler ou ouvir,
Pra quem quiser seguir e reencontrar
Pra você, com você, posso estar?

Se eu tivesse ouvido quem deveria ouvir,
Se eu tivesse dito o que devia proferir
Da minha boca ou parado e olhado ao menos 
Para o lado certo, ao certo saberia a quem deveria enxergar.
Se eu tivesse andado, tentado, continuado?
Se eu tivesse escolhido pro lado contrário, do lado utilizado?

'Se?' 'se?' E mais: 'se?'

Presente, não mais.

Futuro, jamais.
Passado, um pouco, tão pouco
Mas já se foi, partiu

Não me pertence mais, ficou pra trás.

Reconquistar o que já me pertence ou não,
Por um erro, uma falha talvez,
Mas amadurecido, mais vivido,
Com toda certeza do que quero,
Sonhando com algo que espero.

No sofá, na cama, na varanda,
Lendo, olhando para o jardim,
Ou escrevendo um texto antes de dormir
Esse sou eu, apenas eu,
O eu sonhador.


Anderson Alsan

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Nada Mais...


Acordar angustiado, preocupado com algo,
Sentir em si um vazio,
Não saber ao certo o que sentir.
O coração e a cabeça se encontram?
Perdidos, sem saber por onde ir.

Do tempo quero correr,
No tempo quero correr,
Pra te alcançar, poder te encontrar.
Falta de você? Sinto.
Sinto ao meu redor: somente escuridão,
Tristeza em um rosto, sozinho um coração.

Quem sabe te encontrar por ai,
Quem sabe eu não tenha ido longe demais,
Quem sabe você esteja logo ali,
Espero que não tenha lhe deixado para trás.

Um pouco cansado, sem forças.
Mas ainda insisto, persisto.
E assim encontro, algo que pareça ser fugaz.
Não posso perder mais tempo.
Peço que traga de volta a paz.

No coração, na vida e na alma.
Sempre me refugiei no silêncio,
Mantenho-me firme, mantenho minha calma.

Peço que segure firme minhas mãos.
Peço que volte ao meu coração.
E assim que me aceite de volta,
Pois para todas as minhas perguntas,
Sei que você é a minha unica resposta.

Não quero que vá embora,
Não pelo menos sem mim.
Mas se um dia tiver que partir,
Saiba que um pedaço levará de mim.

Se é sonho ou real?
Isso não importa. Eu só quero te sentir,
Sentir você aqui outra vez.
Come se fosse uma primeira vez,
Ainda que seja a primeira vez.

Quem sabe assim eu rompe esse vazio
E encontre o meu lugar.
Aqui é o seu lugar, 
Comigo é o seu lugar.

E entenda, que sem você eu não seria nada,
Nada mais que eu.


Anderson Alsan

domingo, 14 de julho de 2013

Ao Teu Encontro


Então eu cheguei,
De mochila nas costas.
E nada mais eu trazia.

Aqui estou, outra vez,
Na espera de ter uma chance, de te ver.
Sonhei a noite toda com isso, 
Poder rever você
É disso que preciso.

As vezes sinto-me tímido, encabulado.
Mas logo sou acolhido, com um abraço.
Já estou mais tranquilo.
De um abraço. era o que precisava.
Ti sinto ao meu lado.
Querendo esse encontro, eu estava.

A partir desse encontro,
Não existe mais eu e sim nós.
Fui ao teu encontro,
Não existe mais solidão

Existe apenas alegria, fé, paz
Amor e o perdão.

Do brilho do teu olhar, 
Sinto aquecer meu coração.
Não há mais tempo para trevas.

Devo compartilhar desse amor, dessa paixão.

Sei que tenho muito a te agradecer,
Pois sem ti não sou nada,
A lugar nenhum eu posso ir sem você.
Você sem mim, és o Eu Sou.
E eu sem ti sou 
Apenas mais um mero pecador.

Teu grande e eterno amor não cessará.
A partir daquele encontro eu pude amar.
Foi naquele encontro onde te conheci
E nunca mais me distanciei de ti.

Já não importa mais onde eu vá estar.
Pois aonde eu estiver,
É lá que você estará.
Dentro de mim,
Contigo é o meu lugar.

Quero compartilhar, partilhar, apenas te amar.

Foi naquele encontro
Aonde te encontrei,
Fui ao teu encontro;
E nunca mais te deixei.

Anderson Alsan

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Vinte Minutos


Começo a escrever versos,
Mas minhas palavras se tornam nada,
Se comparadas com aquilo que sinto 
Aqui dentro do meu peito.

Sinto sua falta, não posso negar.
Doe sua ausência, 
A falta de ter alguém a caminhar,
Juntos, sempre estivemos.
Sozinho não quero estar, 
Com você espero um dia,
Poder me encontrar e nunca mais deixar.

"Deixa partir, deixa ir.
Não vá, não me deixe aqui."

Dilemas de uma vida.
Desse jeito não quero seguir,
Não me deixe aqui, com você quero ir.

Não que eu seja o melhor,
O mais capacitado.
Mas sei que fui escolhido, sou capaz.
Então dou início, o meu melhor.
Pois o resto Deus faz

Acontecer, quando de tudo se esquecer
E fazer resplandecer,
Como em um dia de verão.
Um nascer do sol, onde ele volta a aparecer.

O seu sorriso, o mais lindo
É como a lua, o seu luar.
Que mesmo sem a presença do sol,
Ainda faz brilhar, 
Meu dia, minha vida,
Minha fé, a vontade de viver.

Sinto o vento a tocar,
Me trazendo você
Em lembranças de momentos
Simples e especiais.
Momentos, só momentos.
Mas simples, tão especiais.

De olhos fechados, olho em seus olhos.
Sinto sua presença, seu calor.
Me olha nos olhos, de olhos fechados,
Sinto sua presença,
Não posso deixar partir.

Continuo a seguir.
Escrevo, falo, corro, sigo em frente.
Continuo por ti,
E se precisar escrevo tudo de novo,
Em pouco mais de 20 minutos.

Anderson Alsan



terça-feira, 2 de julho de 2013

Do fim ao Sim.


Pode ser que se esqueça,
Ache que não precise,
Ou simplesmente nem lembre mais.
Pode ser que vá embora, antes que você perceba.

Não se limite aos seus limites,
Não se limite aos medos e pesadelos.
Pode ser que eles venham,
Mas é preciso enfrentá-los com coragem.

Eu ainda estou aqui, não esqueça.

Tem medo do fim.
Sempre foge: do fim, do sim.
Diz que é o seu fim,
Mas o fim já chegou?

A raiva vem, se esquece mais uma vez
Segue por impulso, deixa tudo em um segundo.
Apenas por um momento, 
Em um momento erra em tudo.

Tudo que tinha, parece ter partido.
Partido para um outro lugar, 
Te deixou, já se foi
Partido em dois, coração
Nem sei mais, onde estás...?

Ainda estou aqui, já esqueceu?

Do fim, tem medo.

Tem medo do sim.
Sempre foge: do sim, no fim.
Diz que é o seu fim,
Mas o sim já chegou?

Até que tudo se acerte, 
Se esquece. De tudo que passou.
Errou? arrependa-se,
De tudo, no próximo minuto.
De todo o coração.
Até que tudo se acerte.

Até o sim, o fim.
No fim, o seu sim.
Até o fim, o sim
No sim, um recomeço.



Anderson Alsan


quarta-feira, 5 de junho de 2013

Por Um Sentido Na Vida

Por um sentido na vida
Saio do meu recanto e vou buscar algo.
Alguém que possa estar do meu lado
Quero algo novo, viver de novo.

Por um sentido na vida,
Já percorri caminhos longos
E hoje quero curar minhas feridas,
Me curar do meu passado.

Por um sentido na vida,
Deixo tudo para trás,
Percebo que não há outra saída.
A vida que antes tinha, não quero mais.

Escolhi viver algo novo
Quero viver ao seu lado.
Escolhi viver esse amor de que tanto ouço,
Quero experimentar do seu calor em um abraço.

Por um sentido na vida,
Reencontro meu caminho,
Meu chão, meu céu, minha luz,
Minha Fé, meu amor!

Por um sentindo na vida
Quero que seja meu sentido, 
Minha vida, minha história,
Minha razão de existir.



Anderson Alsan

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Entre portas...

Mudanças a caminho, e ainda está aqui
Tudo que sou, permanece por aqui
Sigo sempre um percusso, uma só direção,
Fujo da lógica, do agora, da razão.

Não olho pra trás, não devo olhar
Pois é do meu lado que está
Quem sempre esteve a me acompanhar.
Sei que comigo está.

O frio que chegou, insiste em ficar
Difícil, sentimento vazio, um inverno frio.
Um coração sereno, de espera, de esperança, com amor
Acolhe as palavras, presta atenção
Com um olhar de criança, sem preocupação.

Portas abertas, convites feitos
Eu sempre fujo delas, encontro defeitos
Outras estão trancadas ou com caminhos estreitos,
Sempre insisto nelas, talvez esse seja meu defeito.


Não posso reclamar, 
Pois assim só encontro
Aquilo que insisto estar a procurar
Portas fechadas.


Mas ainda sim espero chegar, busco encontrar
O sonho que passei muitas noites a sonhar
Só espero que quando o encontrar
Que esse vazio possa passar
E algo bom e novo 
Possar vir, possa surgir 

E nunca mais partir...

Anderson Alsan

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Se apresse...


"Passo a mão no rosto após uma decepção.

A perda da confiança, tristeza no coração.'
Tantas vezes isso se repete ao longo da estrada,
Se torna uma grande constância,
São tantas vidas, tantas histórias contadas.

Nos questionamos sempre,
Dúvidas surgem, respostas fogem.
A certeza de um mundo cheio de incertezas,
Sem nenhuma Fé.

Falta Fé...

Em si mesmo, no outro, na humanidade,
Fé em um Deus, que não se importa com sua idade.
Não se importa com seu passado, que te espera no presente,
Que te prepara um Futuro.

Por todos Ele espera...

Por aqueles que dizem viver uma solidão,
Que dizem que nada tem jeito, com um vazio no coração.
De abraços abertos e com um sorriso no rosto
De um olhar simples e sincero, com um coração quente.
Ele te espera, ansiosamente.

Não te perturbes...

'Apenas clame, ore, reze, glorifique, adore, cante:
Aleluia, Aleluia.
Aleluia, deixe para trás o que ficou,
Hoje é tempo de recomeçar.
Aleluia, Aleluia,
Aleluia, faça entoar, pois Deus em nosso meio está.'

Se apresse...

Mas não esquece, que comigo, contigo, 
Com todos Ele está.
E vamos nessa,
Na esperança que façamos um mundo novo.



Anderson Alsan.
02/05/2013 - (01:50)